Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Primeiros passos em El Calafate

Voo Ushuaia x El Calafate

A próxima cidade do meu roteiro era El Calafate. No dia 9-2-2013 pela manhã fiz check-out no Freestyle e parti pro Aeropuerto Internacional de Ushuaia Malvinas Argentinas. Antes de voar ainda tirei várias fotos nesse aeroporto que, já comentei aqui, é muito a cara de Ushuaia: Pequeno, maneiro e amadeirado! rs




O Aeroporto de Ushuaia é administrado pela London Supply o que, na prática, significa que a taxa de embarque deve ser paga separadamente depois do check-in. O voo até El Calafate foi pela Aerolíneas Argentinas e durou cerca de 1h40min.



Já em Calafate, fui do aeroporto até a cidade num transfer oferecido pelo albergue. No final das contas, acabei descobrindo que havia opções mais baratas. O macete é agendar uma vaga na van da Ves Patagônia. Custa AR$ 40 (R$17).


No caminho entre Aeroporto e cidade tive um choque! Não havia nada...  Apenas um deserto e uma estrada. Chegando na área habitada, percebi que El Calafate é bem pequena. Assim como Ushuaia, Calafa…

Um pouco mais sobre Ushuaia

Já falei aqui da minha chegada a Ushuaia, do passeio de barco pelo Canal de Beagle, da visita a Pinguinera e da subida ao Glaciar Martial. Agora, quero mostrar um pouquinho da cidade de Ushuaia em si. Um pouco sobre seu dia-a-dia, suas ruas, suas casas... Tudo através de fotos que fui tirando durante minha estadia na Tierra del Fuego.
Falando em Tierra del Fuego que é o nome da província onde Ushuaia se localiza, acho que não comentei sobre a origem desse nome. Pelo que aprendi por lá, chama-se Tierra del Fuego porque os exploradores europeus ao se aproximarem daquelas terras pela baía de Ushuaia, avistavam vários focos de fumaça isolados um do outro, feitos pelos indígenas nativos, dentre eles os Yamanas.

Apesar de Ushuaia ser chamada de Fim do Mundo, a cidade mostrou-se muito viva e animada pra mim. Acredito que algumas coisas contribuem pra isso. Primeiro, os atributos naturais. A baía, as montanhas, o gelo a exótica fauna e flora local... Como consequência, surge o segundo fator…