Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Santiago: Mercado Central, Cerro San Cristobal e Patio Bellavista

Santiago, Abril 2015
Mercado Central de Santiago
Nossa visita ao Chile tinha como foco principal conhecer algumas das famosas vinícolas do país. Mas antes de começar a parte "enoturística" da viagem, separamos um tempinho pra conhecer alguns pontos interessantes de Santiago. Começamos com uma visita ao tradicional Mercado Central para um almoço. O mercado, que fica dentro de uma construção histórica, tombada pelo patrimônio cultural chileno, concentra venda de variados artigos como frutas, legumes, pescado, frutos do mar e etc. O mercado também abriga uma boa quantidade de restaurantes  e é sempre um local disputado para almoço não só entre os turistas mas também entre os locais. O prédio que é do ano de 1872 fica localizado na região central de Santiago e chegamos lá facilmente de metrô.

O prato mais famoso do Mercado Central e quem sabe até de toda a cidade de Santiago é a Centolla (centôia como eles falam)!  Arrisco a dizer até que a Centolla está para Santiago assim como …

Estreando no Chile

Santiago de Chile, Abril de 2015

Recém chegado de Bogotá, entrei de férias do trabalho e viajamos para o Chile, Amanda, Bea e eu. Era a primeira vez que Amandinha viajaria de avião e também a primeira vez que sairia do país já aos 5 meses de vida. Ganhamos bastante confiança de viajar com ela já que, graças a Deus, correu tudo bem nas viagens que fizemos para Angra e para Friburgo poucos meses antes. Essa viagem também marcaria a minha primeira visita ao Chile. Bea também estava estreando. Então seria uma viagem com muitas coisas novas para os três.

Fazer essa viagem com a Amandinha aos 5 meses não foi difícil já que até essa época ela só mamava mamadeira de complemento (enfamil) e ligava pouquíssimo pra peito, coisa que mudaria tempos depois... Então, levamos o latão de leite dela, as mamadeiras, as fraldas, roupas quentinhas e é claro, o sling que mais uma vez foi um grande aliado facilitando bastante o deslocamento, dando conforto e aquecendo ainda mais a neném.



Infelizmente não co…

Bogotá e seus sabores

Bogotá, Abril de 2015

De todas as cidades que visitei até aqui, Bogotá foi o lugar onde mais visitei restaurantes legais pelo menor preço. Serviço atencioso, comida de qualidade, bem preparada e bem apresentada, restaurantes bonitos e aconchegantes, que, se fossem no Rio de Janeiro, custariam, no mínimo, o dobro do preço. A relação custo benefício no quesito boa comida em Bogotá é muito favorável ajudada também pela cotação favorável do real em relação ao peso colombiano.
Uma área que gostei muito de ir nos jantares enquanto estive na cidade foi a Zona G.A Zona G é uma área que corresponde a cerca de dois quarteirões que são completamente tomados de bons restaurantes. Alguns dizem que o G da Zona G está associado a zona gourmet ou zona gastronômica. Outros dizem que o G refere-se simplesmente ao formato da área. Enfim... O que interessa é que ali você pode passar um mês sem repetir restaurantes e sempre comendo bem por um bom preço.
Obviamente que mesmo jantando por lá todos os dias (…

Café Colombiano em Bogotá

Bogotá, Abril de 2015
Juan Valdez
A Colômbia é o terceiro maior produtor de café do mundo perdendo apenas para o Brasil e para o Vietnã.  No quesito orgulho de seu café no entanto, os colombianos são os primeiros colocados. Eles têm total fascínio pelo café nacional. Por ser uma cidade com temperaturas mais baixas e concentrar grande quantidade de empresas e prédios de departamentos públicos, Bogotá tem várias lojas de café espalhadas pela cidade que estão sempre cheias principalmente durante a manhã, após o almoço e no final de tarde. O mais legal disso tudo é que a loja de café mais popular e com mais franquias / unidades na cidade não é a americana Starbucks e sim a Juan Valdez, um coffee shop 100% colombiano que comercializa café colombiano e foi criado pela própria associação colombiana de produtores de café tendo como sua bandeira principal a valorização e divulgação do café nacional.



Demorei alguns dias para encontrar um Starbucks em Bogotá (não que estivesse procurando).…

Bogotá: Impressões e passeios na capital colombiana

Bogotá, Abril de 2015 Por conta de um treinamento da empresa, tive o privilégio de conhecer um pouco de Bogotá, capital da Colômbia, cidade que originalmente não estava nos meus planos conhecer tão breve. O treinamento começaria numa segunda-feira mas preferi chegar no sábado para me ambientar a altitude. Bogotá está localizada a 2600 metros acima do nível do mar e eu havia lido sobre a possibilidade de sofrer do mal de altitude, ou  Soroche, o que realmente acabou acontecendo nos meus dois primeiros dias na cidade.

Por conta da altitude, Bogotá tem uma temperatura quase que constante durante todo o ano. Sua máxima gira entre 18°C e 20°C enquanto sua mínima gira entre 8°C e 10°C. Outra constante em Bogotá são as rápidas chuvas que pelo menos na semana em que estive lá caía todos os dias, fraquinha por volta das 17hs. Eu particularmente gosto desse tipo de clima mas também conheço muitas pessoas que odiariam. Lembro de estar andando na rua em um determinado momento e simplesmente nã…